domingo, 8 de dezembro de 2013

Como ser feliz hoje sem ser alienado

Alguém que faz leituras superficiais de textos de esquerda pode até pensar que é impossível ser feliz no capitalismo, que é alienado quem se considera assim ou que é preciso fechar os olhos e tapar os ouvidos, é preciso fingir que está tudo bem. A boa interpretação de filósofos como Marx, Lukács, Adorno, Marcuse, Freire, etc. nos revelam que é justamente assim que os opressores querem que pensamos, como críticos devemos aprender a integrar o que está alienado, a começar por si mesmo e na relação com os outros, desta forma precisamos mostrar que é possível ser feliz de uma forma totalmente diferente da forma tradicional burguesa, é preciso encontrar a felicidade na relação com sigo e com os outros seres humanos, relação real e não mais coisal. Só esta relação poderá superar o estado de alienação e reificação ao qual estamos submetidos, onde uns oprimem e outros são oprimidos... sejamos somente homens livres, homens emancipados, homens felizes. (Filósofo Fabio Goulart – Da página Filosofia Hoje)

Nenhum comentário:

Postar um comentário