quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Individualismo e Depressão

Duas coisa me são cada vez mais evidentes sobre o homem moderno\contemporâneo e nossa vida em sociedade: (1) Por mais que a vida em sociedade evolua de tal maneira que nos possa sempre trazer cada vez mais conforto e segurança, quanto maior a oferta de entretenimento, maior é possibilidade de tédio, que fermentado nos leva a depressão que é a morte em vida; (2) A coletividade nos defende, mas invés de nos juntar ela nos isola, nos torna genéricos e raquíticos, o coletivo se fortalece do enfraquecimento do individual. Estas duas máximas me parecem antigas e fatais. Por isso patologias como individualismo e depressão são sempre cada vez mais comuns. (Filósofo Fabio Goulart – Da página Filosofia Hoje)

Nenhum comentário:

Postar um comentário