quinta-feira, 7 de novembro de 2013

A banalização do Homem

O esvaziamento dos indivíduos se espalha das salas de aulas aos escritórios, criando e mantendo tabus e rituais que não podem, não devem ou não necessitam serem questionados. Desta forma acabamos por naturalizar nossos mitos, algo que nem a mais antiga das religiões se arriscou a fazer. O ser humano se banalizou. “O eu integralmente capturado pela civilização se reduz a um elemento dessa inumanidade à qual a civilização desde o início procurou escapar.” (Filósofo Fabio Goulart – Da página Filosofia Hoje)

Nenhum comentário:

Postar um comentário