sábado, 10 de agosto de 2013

Walter Benjamin, com base em Paul Valéry, escreve que "todos os esforços para estetizar a Guerra convergem para um ponto. Este ponto é a Guerra. A Guerra e somente a Guerra permite dar um objetivo aos grandes movimentos de massa, preservando as relações de produção existentes". Adorno vai além disso. Ele sugere que a guerra é uma desculpa para não mexer com o sagrado direito à propriedade. Ser de esquerda não significa seguir Marx como se fosse o Messias, mas simplesmente profanar o sagrado regime capitalista. (Filósofo Jeverton Soares Dos Santos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário