sábado, 31 de agosto de 2013

Tem um velho ditado que diz que "paciência tem limite". Minha paciência com os posts de alguns jovens coxinhas se esgotaram. Além de ter um conhecimento escasso sobre temas como marxismo, ateísmo, capitalismo, etc. Saem pela internet como verdadeiros "Dom quixotes", repetindo as sandices de seus heróis preferidos, que logicamente não tem credibilidade nenhuma do ponto de vista filosófico. As vezes até compartilham pensamentos de grandes filósofos, porém fazem isso sem pensar no conteúdo do argumento dos mesmos. Estou dizendo isso porque vomitam seu ódio contra a esquerda brasileira, ou melhor, qualquer pensamento de esquerda, fundamentado no ressentimento do liberalismo fascista conservador que segue, típico de meninos de apartamento... Isso já está enchendo o saco. Não é só por fazerem um "milhão" de posts sobre os ateístas burros que fizeram protestos contra o Papa, Ou fazer um monte de posts contra o PT. Sinceramente, não sou mais simpatizante do PT, pelo simples motivo dele ter criado políticas econômicas mais neoliberais do que o próprio PSDB. No entanto, dizer que o socialismo não pode funcionar, Que nazismo e comunismo são a mesma coisa, falar que o PT está criando uma "luta de classes" no Brasil, que os médicos estão em regime de escravidão( como se não houvesse escravidão na sociedade do trabalho), que existe meritocracia( que os médicos por terem estudado merecem salários mais dignos, como se 10 mil fosse pouco, num país onde a grande parcela da população vive a velha lei de "Muricy", as margens do acesso aos bens culturais e materiais, inclusive a classe de professores, técnicos em enfermagem, enfermeiros, fisioterapeutas, vendedores de AVON e NATURA, catadores de latinhas, etc) . Será que eles não sabem que Cuba sofre com o embargo econômico liderado pelos EUA? Será que estes jovens não sabem que o simples fato de se ter que trabalhar para sobreviver, enquanto outros herdam fortunas incalculáveis, prova que a luta de classe nunca acabou? Será que Eles só lê Veja e o Globo? Eu geralmente não perco tempo escrevendo contra jovens tão conservadores, que acham que as leis trabalhistas vigentes são justas ou que Cuba é o inferno e os EUA o paraíso. Gente que repete os argumentos anticomunistas da Guerra Fria. Eu geralmente não escrevo argumentos contra essas pessoas. Mas acho que as vezes “os coxinhas” passam dos limites da burrice tolerável. (Filósofo Jeverton Soares Dos Santos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário