terça-feira, 13 de agosto de 2013

A passagem do século XX para o XXI não foi gradual como se poderia esperar em um mundo “já resolvido”, unilateral e liberal pós a queda do Muro de Berlim em 1989. Foi uma passagem chocante e apressada, marcada definitivamente pelos atentados de 11 de Setembro de 2001. Com a queda das torres gêmeas evidenciou-se que vivemos numa conjuntura mundial ainda mais fraca do que na época em que o nazismo ascendeu ao poder. Digo que criamos todas as possibilidades para que aquele ataque ocorresse sem que fosse necessário que algum louco com ideias de dominação subisse ao poder de uma grande nação. Aqueles atentados foram idealizados e executados por uma minúscula quantia de indivíduos que criaram sua própria fundamentação teórica e se organizaram de maneira livre e espontânea para cometer tal barbárie. (Filosofo Fábio Goulart)

Nenhum comentário:

Postar um comentário