quinta-feira, 29 de agosto de 2013

A Maldição de Cuba - O Som da Verdade #14



O Ministério da saúde assinou um acordo com a Organização Pan-americana de Saúde, para a contratação emergencial de médicos, neste caso 4 mil cubanos.

Esta medida, nada mais é do que aquela “resposta” prometida aos protestos deste ano pelo Governo Federal que visa levar médicos para as áreas mais pobres do país, situadas principalmente entre as regiões Norte e Nordeste.

É obvio que esta medida por si só, não resolve muita coisa, pois o investimento em equipamentos, hospitais e recursos básicos, precisam acompanhar estes programas do governo, mas é vergonhoso ver críticas na contramão da razoabilidade e bom senso.

Mesmo depois de muitos anos, o Brasil ainda sustenta aquela velha visão aristocrata inútil em muitas pessoas. Privilégios, influência política, vestimenta e locais exclusivos, ditadores das “regras” de tudo no país. Nobres Fidalgos em seus palácios.

A opinião da Jornalista Micheline Borges, infelizmente também é o pensamento de muitos brasileiros, que costumam olhar as pessoas de cima para baixo, julgando as aparências e como sempre, querendo negar direitos e rotular pessoas e profissões.

Vivem em um mundo, onde a “aparência é tudo”. Onde a roupa que a pessoa está usando é mais importante do que o trabalho e competência e onde a “cara da pessoa” é o principal.

Este é um “mundo” preocupante, pois todos nós deveríamos ser “parecidos”, como humanos que somos, mas também "diferentes" como humanos que somos .
Não há como ficar indiferente com este tipo de situação, que mais uma vez nos é apresentada.

“Me perdoem se for preconceito, mas essas médicas cubanas têm uma cara de empregada doméstica. Será que são médicas mesmo? Afe, que terrível. Médico, geralmente, tem postura, tem cara de médico, se impõem a partir da aparência... coitada da nossa população. Será que eles entendem de dengue? E febre amarela? Deus proteja o nosso povo”, Foi a declaração postada por Micheline no Facebook, o que gerou uma séria de discussões na internet, fazendo ela excluir suas contas em todas as redes sociais.

Quando será que esta Mentalidade-Micheline acabará? E Será que acabará?

Autor: Fábio Fleck


Nenhum comentário:

Postar um comentário