segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

3.4.4 HABILIDADES DE TRADUÇÃO

 

Tradicionalmente, traduzir consciente no ato de transferir o que esta sendo

dito em uma língua para outra língua sem que seja perdido o sentido daquilo que foi dito na língua natal. Para Lipman:

                        “Tradução implica na transmissão de significados de uma língua ou esquema

                        simbólico, ou modalidade de sentido, para outra, mantendo-os intactos. A

                        interpretação se faz necessária quando os significados traduzidos não são

                        capazes de fazer um sentido adequado ao novo contexto no qual foram

                        colocados, Consequentemente, o raciocínio preserva a verdade e a tradução

                        preserva o significado.” (LIPMAN, 1995, p. 72)



Assim sendo, a tradução não se limita a transmissão de significados de uma

língua para a outra, ela ocorrem em diferentes modos de expressão, tal como

quando um pintor retrata um fato, quando um livro vira filme, quando um músico transforma em melodia um poema, etc. Toda tradução possui um forte elemento de interpretação, afinal, é necessário que primeiramente se interprete qual é o elemento principal de um texto para só depois conseguirmos traduzi-lo para outra linguagem.



Lipman nos diz que através do ensino da lógica formal os alunos percebem

que a linguagem natural do dia a dia pode ser reduzida a simplicidade de algumas expressões lógicas, mais do que isso, eles aprendem que podem transportar suas capacidades de pensamento de uma disciplina para a outra (LIPMAN, 1995, p. 73)



Fui aprender lógica formal somente quando adentrei na faculdade de filosofia, mas vou um pouco além de Lipman, julgo que através da lógica é possível traduzir as informações recebidas para sua própria linguagem cognitiva. Visto que cada indivíduo possui um universo próprio de vivências e suas próprias teias de significado, cada um possui sua própria linguagem cognitiva pela qual, se valendo das habilidades citadas neste capítulo, interpreta e se relaciona com o mundo.




 
Este texto faz parte do trabalho chamado “Crítica a Escola” escrito por mim, Fabio Goulart. Para fazer o Download do trabalho Completo CLIQUE AQUI. Todos os dias será postado um novo texto deste trabalho aqui no site! Boa Leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário